All for Joomla All for Webmasters
GOVR

NOTÍCIAS DO JAPÃO


Notícias e informações recentes de nossos correspondentes e parceiros editoriais.
GOVR

NIPO-BRASIL


Publicações e notícias relacionadas à comunidade nipo-brasileira.
227 Publicações
64 Pautas
1491 Tags
Notícias Regionais e Internacionais da Comunidade Japonesa
domingo, outubro 17, 2021
Home / Agenda / Conferência e Degustação de Queijos e Vinhos

Conferência e Degustação de Queijos e Vinhos

mm
Publicado em abril 24, 2019, 7:20 pm
FavoriteLoadingAdd to favorites 3 mins
Sem dúvida, queijo e vinho se adequadamente combinados formam um casal perfeito. E, sabemos que existem uma grande variedade desses deliciosos produtos. Por isso, é de extrema importância saber harmonizá-los para que esse encontro seja um sucesso. Assim, cada um deles compõem características particulares, essas são compostas pela forma como são produzidos, como a conservação, origem, fermentação, maturação, entre outros cuidados. Sim, esses alimentos são fabricados com muito cuidado e carinho, na verdade podemos dizer que se trata de obras primas. Na França, por exemplo, existem mais de 400 tipos de queijos classificados, desde 1925, e só 10 anos depois que os vinhos também receberam suas classificações. Isso mostra que são muitas as variedades e as possibilidades de combinações são infinitas. Essas combinações, começaram na França, maior e mais tradicional produtor de vinho no mundo, rapidamente ganhou força, tornando-se tradicional. Contudo, vinhos e queijos têm temperaturas observadas para serem servidos. No caso dos queijos o ideal é serví-los acerca de 18º C. Os de massa dura, devem ser retirados da geladeira duas horas antes, no mínimo, já os de massa mole, com meia hora de antecedência. A sugestão, é que queijos frescos e os frescos curados sejam harmonizados com vinhos brancos leves, frutados e refrescantes, com acidez elevada (para equilibrar com a acidez dos queijos), ou espumantes. Os espumantes suave combinam com queijos azuis e com certos toques de dulçor e suavidade. Os queijos brancos moles são acompanhamentos perfeitos para os espumantes, sobretudo Champagne. Tendo em vista que o equilíbrio na acidez, e no enfrentamento do sal moderado do queijo pela efervescência do vinho, tornam-o um casamento agradável. Quem nunca foi convidado para uma noite de vinhos e queijos, não conhece o prazer de apreciar essas combinações espetaculares e perfeitas. A intimidade entre eles é tanta que se não são irmãos, podemos considerar ao menos que são primos. O ValeChef recomenda o restaurante Donna Pinha, em Santo Antônio do Pinhal, onde a Chef Anouk reserva um espaço especial para degustação de diversos tipos de queijos com uma vasta carta de vinhos de altíssimo nível. Em São José dos Campos, a Aliança Francesa Vale do Paraíba também oferece regularmente uma conferência e degustação de Queijos e Vinhos franceses. Neste sábado, 27 de abril, a partir das 18 horas, é possível apurar o seu paladar em mais um evento exclusivo da escola de língua francesa mais charmosa do Vale.
Fonte: Jornalismo Colaborativo
mm
Jornalismo nipo-brasileiro com a parceria editorial do Jornalismo Colaborativo e da International Press