Depressão: Entenda melhor na visão da psiquiatria integrativa

mm
Publicado em julho 11, 2021, 5:40 pm
FavoriteLoadingAdd to favorites 8 mins

Você sabia que a depressão é uma doença multifatorial, certo? Que além das causas orgânicas existem também as causas comportamentais, de hábitos, alimentares, familiares e até mesmo espirituais.

A depressão é uma doença que tem atingido mais de 11 milhões de brasileiros e estima-se que ¼ da população mundial tera essa doença ate 2030.

Mas hoje eu quero contar pra vocês sobre causas orgânicas, que não são apenas um problema na escassez de neurotransmissores, como muito se pensava. Vou explicar pra vocês aqui nesse texto sobre mecanismos fisiopatologicos da depressão.

Então vamos la. São basicamente 6 os mecanismos:

  1. Teoria Monoaminergica clássica
  2. Neuro inflamação
  3. Disfunção Mitocondrial
  4. Alteração do ciclo circadiano
  5. Eixo cérebro-intestino
  6. Intoxicação por metais e poluentes

 

1) Teoria Monoaminergica clássica

Existem alguns neurotransmissores que são responsáveis pela nossa saude mental. Entre eles a serotonina, a dopamina, a noradrenalina, e a acetilcolina. Basicamente, a acetilcolina e a noradrenalina se encontram em todos os processos de neurotransmissão quando falamos de depressão.  Eles precisam ser produzidos e utilizados pelo cerebro de uma maneira saudável.

 Os 2 principais neurotransmissores que ajudam a diferir os sintomas entre os diversos tipos de depressão são:

  • A dopamina, cuja a escassez ou a diminuição da síntese irá provocar:
  • a perda da felicidade
  • o humor deprimido
  • a perda do interesse, ou prazer
  • a perda de energia e entusiasmo
  • A diminuição da atenção e da vigilância
  • A baixa auto estima e e da auto confiaça
  • Serotonina, cuja a escassez ou a diminuição da síntese irá provocar:
  • Humor deprimido
  • Sentimento de culpa e aversão
  • Hostilidade, mau humor
  • Sentimento de solidão

 

2) Neuroinflamação

A teoria da neuroinflamação provém do estress oxidativo, principalmente gerado através da nossa alimentação. Excesso de laticínios, de glúten, de agrotóxicos, de álcool, nicotina alimentos industrializados, tudo isso Profecia a inflamação do corpo como um todo. Todos esses venenos aumentam a quantidade de radicais livres no organismo e levam ao estresse oxidativo. Essa intoxicação leva a uma inflamação generalizada do corpo e as citocinas liberadas nesse processo causam estragos no sistema nervoso Central causando depressão entre outras doenças.

 

3) Disfunção Mitocondrial

A mitocôndria é a responsável pela respiração da célula ponto ela quem dera energia para todos os processos intracelulares. Todas as células possuem mitocôndrias e sem energia não ocorre nenhum processo no organismo.

Para que o neurotransmissor seja produzido é utilizado é necessário que as mitocôndrias estejam em perfeitas condições.

Neurônio precisa de uma função celular correta para que seja realizada sinapses do contrário, ou indivíduo pode ter depressão .

 

4) Eixo cérebro-intestino

Há quem diga que o intestino comanda nossas emoções. Estudos comprovam que se cortarmos o nervo que liga o cérebro ao intestino, o mesmo Continua funcionando normalmente.

No intestino existem centenas de bilhões de bactérias boas que auxiliam em vários processos. Um desses processos seria a produção de neurotransmissores tais como a serotonina, a dopamina e a acetilcolina.

O intestino quando saudável impede absorção de toxinas da alimentação fazendo com que estas sejam eliminadas através da evacuação. Quando o intestino não está saudável ocorre absorção dessas toxinas e as mesmas podem ultrapassar a barreira hematoencefálica e causar estragos tais como a depressão.

 

5) Intoxicação por metais e poluentes

 Sabemos que na sociedade atual principalmente nós que moramos em grandes cidades, somos bombardeados o tempo todo por esses poluentes e metais pesados. Essas substâncias também são conhecidas como xenobióticos.

Normalmente as pessoas apresentam dores de cabeça, falta de atenção, perda de memória e não sabem exatamente qual a origem. Mas pouca gente se dá conta de quê a depressão também é um dos sintomas dessa intoxicação.

Metais pesados como alumínio, chumbo, mercúrio, e enxofre, dióxidos, todos estão presentes em vários produtos que utilizamos como Cosméticos , industrializados , no ar, etc . Esses disruptores endocrinos, assim também chamados, se ligam em receptores de serotonina, acetilcolina, de diversos hormônios também e impedem a ação dos mesmos. A conclusão disso é a depressão.

 

6) Alteração do Ciclo Circadiano

Sendo o sono importantíssimo para mantermos o bom humor e a melatonina responsável pela maioria dos processos endócrinos e metabólicos no organismo, é recomendável que seja sempre à noite, em local escuro e das 11 às duas da madrugada. Durante esse período a produção de melatonina é muito maior maior enquanto dormimos. 

Também é necessário que que nós permaneçamos em média 10 horas por dia em contato com a luz natural para termos um melhor aproveitamento dos neurotransmissores. Quando a pessoa não dorme corretamente no horário indicado, ou troca o dia pela noite é bem provável que ela inicie com sintomas de depressão.

É muito importante que o profissional de saúde que esteja tratando de você e principalmente da sua saúde mental tenha esse conhecimento, que existem diversos fatores propiciando a depressão. E dessa maneira ele consiga te orientar sobre hábitos de vida saudáveis e medicamentos não somente psiquiátricos, mas que amenizem e melhorem as funções do seu organismo como um todo. Ah isso chamamos de medicina integrativa.

.


Fonte: Jornalismo Colaborativo / Integrativa Psiquiatria

mm
Jornalismo nipo-brasileiro com a parceria editorial do Jornalismo Colaborativo e da International Press