Inscrições Abertas para o II Desafio Tempestades Elétricas

mm
Publicado em março 14, 2019, 3:45 pm
FavoriteLoadingAdd to favorites 2 mins

De acordo com o INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, a cada segundo ocorrem cerca de 100 relâmpagos, o que equivale a aproximadamente 10 milhões de raios por dia, ou ainda, três bilhões de descargas elétricas por ano.

O Brasil é um dos países com maior número de relâmpagos em todo o mundo. Com base em dados de satélite, estima-se que cerca de 50 milhões de raios, ou seja, dois relâmpagos por segundo são descarregados no país.

A partir das pesquisas científicas e tecnológicas em eletrecidade atmosférica, desenvolvidas pelo INPE, em 1979, o ELAT foi criado em 1995 como o primeiro grupo de pesquisa sobre raios no Brasil e faz parte do Centro de Ciências do Sistema Terrestre do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

O Jornalismo Colaborativo, em parceria com o Vale SJC apoia a iniciativa do Grupo de Eletricidade Atmosférica e abre as inscrições para o II Desafio Fotográfico Tempestades Elétricas.

As inscrições ocorrem até o dia 06 de Junho / 2020 e somente será permitido o envio de fotos que terão de acompanhar a descrição com o mês, ano, local e equipamento utilizado para o registro.

As melhores fotos serão avaliadas pelo Conselho Editorial do Jornalismo Colaborativo, formado por pesquisadores científicos e fotógrafos profissionais.

As melhores imagens de cada categoria (Amador e Profissional) receberão destaque na Rede de Comunicação de Jornalismo Colaborativo, incluindo publicação com os créditos dos vencedores em nossos parceiros de imprensa e mídias digitais.

Para mais informações sobre o regulamento e formulário de inscrição, acesse o endereço abaixo:
jornalismocolaborativo.com/ii-desafio-fotografico-tempestades-eletricas

Confira os vencedores da Primeira Edição do Desafio Tempestades Elétricas. Clique aqui e saiba mais detalhes sobre o Concurso de Fotografia.


Fonte: Jornalismo Colaborativo / Foto: Marcos Gynn

mm
Jornalismo nipo-brasileiro com a parceria editorial do Jornalismo Colaborativo e da International Press